Junta de Freguesia de Carapeços Junta de Freguesia de Carapeços

Notícias

Voto Antecipado no âmbito da eleição dos deputados ao Parlamento Europeu

Voto Antecipado no âmbito da eleição dos deputados ao Parlamento Europeu

13-MAI-2024

Podem assim consultar e obter informações através dos folhetos informativos:Folheto relativo a voto antecipado em mobilidade;Folheto relativo a voto antecipado por doentes internados e presos;Folheto relativo a voto antecipado no estrangeiro.Saiba onde está recenseado(a), através de www.recenseamento.pt , SMS (gratuito) para 3838, com a mensagem RE (espaço) número de BI/CC (espaço) data de nascimento=aaaammdd - Ex: RE 72386718 19820803 ou na Junta de Freguesia. Para informações adicionais, queiram por favor consultar o sítio oficial da Comissão Nacional de Eleições na Internet em www.cne.pt ou contactar os serviços desta Comissão através do número de telefone 213 923 800.

Ler mais...
O dia em que Zeca Afonso cantou sobre Carapeços

O dia em que Zeca Afonso cantou sobre Carapeços

26-ABR-2024

O dia em que Zeca Afonso cantou sobre freguesia de BarcelosCelebrar Abril é também recordar as canções de protesto. “Grândola Vila Morena” ou Zeca Afonso são símbolos do importante momento histórico que se viveu em 1974 e que, meio século depois, continuam a ser exaltados. No dia em que se assinalam os 50 anos do 25 de Abril, O MINHO conta a história desconhecida de uma canção de Zeca Afonso sobre um freguesia de Barcelos.Foi em 10 de novembro de 1970 que o cantor autor apresentou, num concerto em Paris, a música “Ao Passar em Carapeços”.Começou o espetáculo, inserido na iniciativa “La Chanson de Combat Portugaise”, com a canção “Na Rua António Maria” e seguiu-se um inédito que nunca foi editado em disco. Tocou “Ao Passar em Carapeços”, uma canção que fala sobre uma passagem fugaz do cantor pela freguesia barcelense no ano de 1968.Assim, o mais popular músico de intervenção português tocou, na Maison de la Mutualité. importante sala parisiense, uma música que falava sobre Carapeços. Utilizou um instrumental que não era original, foi adaptado da música popular alentejana “Ao Passar na Ribeirinha”. Contudo, a letra foi inspirada exatamente naquela freguesia de Barcelos. “Ao passar em Carapeços / Estava tudo à janela (…) Parece que nunca viram / Gente de fora da terra”, cantou Zeca Afonso.Uma passagem de carro bastou para Zeca se inspirar e escrever uns versos. “Como no antigamente, assim como ainda acontece hoje no Portugal profundo, quando passa alguém por uma aldeia ‘perdida’ a gente dessa aldeia tem curiosidade em ver aqueles ‘estrangeiros’ que por sua terra estão passando e daí Zeca ao reparar nisso (tinha a faculdade de ser muito bom observador) ter feito a letra daquilo que ia vendo pela passagem por Carapeços”, explicou Mário Lima, um dos mais ativos divulgadores da obra do cantor, a O MINHO, em 2019.Zeca Afonso terá escolhido cantar esta canção devido ao grande número de emigrantes provenientes do Minho que se encontravam em Paris na época, ainda de acordo com Mário Lima.São estas explicações do divulgador que sobram para tentar perceber a motivação de José Afonso para escrever uma letra sobre a freguesia de Barcelos e cantá-la num tão importante concerto. A música “Ao Passar em Carapeços” nunca foi editada em disco, nem há mais registos fonográficos captados ao vivo.A gravação original está disponível ‘website’ do arquivo da RTP, que tem excertos do encontro “La Chanson de Combat Portugaise”, no auditório da Maison de la Mutualité, onde está incluído o o momento musical protagonizado pelo Zeca. A música foi ainda divulgada no YouTube, no canal de Mário Lima, conhecido blogger que reúne o trabalho do artista.Veio à procura de Rosa RamalhoTerá passado em Carapeços em meados de agosto de 1968, depois de ter atuado no Clube Fluvial Vianense, a 06 de agosto. Tocou ainda em Moledo, terá ficado pela região do Alto Minho mais um dia para assistir a um auto popular e depois desceu até Barcelos.Zeca e os acompanhantes queriam chegar a Galegos São Martinho para visitar a oficina de Rosa Ramalho, conhecida barrista barcelense. “No outro dia fomos a Barcelos (como foi difícil lá chegar…) à casa da Rosa Ramalho”, contou Rui Pato, guitarrista que acompanhou Zeca Afonso. O músico referiu ainda, num fórum dedicado ao cantor, que compraram “várias peças” de Rosa Ramalho.O caminho para chegar até a Galegos foi difícil e pediram mesmo ajuda a alguns locais para que lhes indicassem o caminho. Nas fotografias que acompanham este texto, da autoria de Rui Pato, é possível ver Zeca e Zélia Afonso, sua esposa, com os jovens barcelenses que indicaram o caminho para a casa de Rosa Ramalho.https://youtu.be/CA1Z5VY5HQ8JornalO Minho25-04-2024autor:Pedro Gonçalo Costahttps://ominho.pt/o-dia-em-que-zeca-afonso-cantou-sobre.../

Ler mais...
Dê Sangue

Dê Sangue

12-ABR-2024

A Barcelos Solidário - Benemérita Associação Humanitária dos Dadores de Sangue do Concelho de Barcelos, em conjunto com o Instituto Português do Sangue e a sempre excelente colaboração da Junta de Freguesia de Carapeços, vai levar a efeito uma recolha de sangue em Carapeços, na próxima segunda-feira, dia 15 de Abril de 2024, das 15.00 às 19.00 horas, na Casa do Povo.

Ler mais...
Apresentação do cartaz em honra e louvor de São Tiago de Carapeços

Apresentação do cartaz em honra e louvor de São Tiago de Carapeços

06-ABR-2024

A Comissão de Festas de São Tiago de Carapeços apresentou o cartaz em honra e louvor de São Tiago de Carapeços, vários dias de festa e alegria.Obrigado a todos os membros da Comissão de Festas de São Tiago de Carapeços pelo trabalho desenvolvido bem como a todos que tornaram esta festa um momento de convívio, partilha, alegria e união.

Ler mais...
Arco de Romaria - Festas das Cruzes Barcelos 2024

Arco de Romaria - Festas das Cruzes Barcelos 2024

27-MAR-2024

É com enorme alegria que a nossa Freguesia participa na Festa das Cruzes de Barcelos 2024 com o Arco de Romaria! Um exemplar representativo da nossa Freguesia que muito nos deixa honrados.Agradecemos a APEC - Associação de Pais e Encarregados de Educação de Carapeços, pelo contributo.

Ler mais...
Inauguração da requalificação da Capela Mortuária de Carapeços

Inauguração da requalificação da Capela Mortuária de Carapeços

24-MAR-2024

Inauguração da requalificação da Capela Mortuária de Carapeços Foram inauguradas as obras de reabilitação da Capela Mortuária de Carapeços, uma obra que proporciona um espaço renovado e acolhedor.Na inauguração, estiveram presentes o Senhor Arcebispo de Braga D. José Cordeiro, o Senhor Presidente da Câmara Dr. Mário Constantino Lopes, o Pároco de Carapeços Vítor Nogueira e o Presidente da Junta de Freguesia de Carapeços Armindo Vilas Boas, assim como todas as entidades e comunidade de Carapeços.A Junta de Freguesia aproveita mais uma vez para agradecer a todos os que contribuíram para tornar este projeto uma realidade.

Ler mais...
Requalificação da Capela Mortuária de Carapeços

Requalificação da Capela Mortuária de Carapeços

23-MAR-2024

A Junta de Freguesia de Carapeços anuncia a finalização da requalificação da Capela Mortuária de Carapeços! Graças ao esforço conjunto de todos os envolvidos, agora temos um espaço renovado e acolhedor para honrar aqueles que partiram e apoiar suas famílias. A nova Capela Mortuária foi projetada com cuidado e respeito, oferecendo um ambiente tranquilo e reconfortante para momentos de despedida e reflexão. Com melhorias significativas, estamos prontos para servir nossa comunidade com ainda mais dedicação e compaixão.  Agradecemos a todos os que contribuíram para tornar este projeto uma realidade. Juntos, estamos fortalecendo os laços comunitários e proporcionando conforto nos momentos mais difíceis.

Ler mais...

© 2024 Junta de Freguesia de Carapeços. Todos os direitos reservados | Termos e Condições

  • Desenvolvido por:
  • GESAutarquia